ESTILO RETRO

ESTILO RETRO

Vintage, clássica, retro, em segunda mão - qualquer que seja a denominação que lhe der, usar roupas mais antigas é mais acessível, amigo do ambiente, e mais sofisticado. Contudo, os materiais de que estas roupas são feitas mudaram consideravelmente ao longo dos anos, e os detergentes  e tira-nódoas evoluíram com elas. Assim sendo, não é aconselhável introduzi-las na máquina de lavar com o resto da roupa, pois algumas peças podem necessitar de cuidados especiais. Iremos dar uma olhada em alguns do tecidos mais comuns, usados em modas passadas, que possam necessitar de cuidados especiais quando necessitar de remover nódoas de comida, sujidade ou suor.

Rayon/Viscose
Isto é um tecido que foi produzido pela primeira vez no início do século XX, e apesar de ainda ser muito usado em combinações, caiu um pouco em desuso como material primário. As fibras são feitas de celulose, retirada da polpa de madeira, e era o tecido mais utilizado nas camisas havaianas popularizadas nos anos 40 e 50 na América. É importante que verifique as instruções de cuidados especiais antes de tentar a remoção de qualquer nódoa, pois o rayon pode ser muito sensível. Ao lavar, tenha cuidado para não esfregar com demasiada força, e use sempre água fria.

Morim/Musselina
Estes são ambos tecidos leves de algodão, sendo a musselina mais fina e o morim mais pesado. Estes ainda são usados para fazer roupa hoje em dia, mas o ponto mais alto da sua popularidade foi nos anos 60 e 70. Devido à forma como são feitos, estas peças podem ficar muito delicadas ao longo do tempo, por isso são necessários cuidados especiais na lavagem. É recomendado que lave musselina à mão em água morna, com uma colher de Vanish na água, certificando-se que não a torce durante a lavagem, pois poderá esticar e perder a sua forma.

Crimplene
O crimplene é um tecido feito a partir do fio de polyester, o que resulta num tecido pesado e resistente às rugas, mantendo a sua forma. Devido a isto, era popular como sendo um tecido pronto a usar nos anos 50 e 60. Perdeu a sua popularidade nas décadas seguintes, pois as pessoas davam preferência a polyesters mais leves, ou tecidos naturais como o algodão. O crimplene é fácil de lavar, pois foi concebido para isso, e pode ser lavado abaixo de quarenta graus e deixar secar. Os tecidos sintéticos são todos sensíveis ao calor, por isso siga as instruções de cuidados especiais.